ATP: entenda o que é a associação de tenistas profissionais

3 minutos para ler

Para quem gosta de tênis, joga ou mesmo quer que o filho passe a praticar o esporte, é fundamental conhecer os principais tópicos do exercício. Não estamos falando apenas de técnicas, benefícios ou regras do jogo, mas sim de uma estrutura importante para o funcionamento do esporte em todo o globo: a Associação de Tenistas Profissionais.

Mais conhecida como ATP, essa organização revolucionou o esporte na década de 1970 e, hoje, se tornou a principal referência para a organização de torneios e para o rankeamento dos atletas.

Ficou curioso e quer saber um pouco mais sobre o tema? Então, continue a leitura deste artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto. Confira!

O que é a Associação de Tenistas Profissionais?

A Associação de Tenistas Profissionais, também conhecida como ATP, é a organizadora dos principais torneios do esporte atualmente. Ou seja, todas as disputas — seja individual ou em duplas — entre os tenistas são de responsabilidade da ATP. Além disso, o rankeamento dos atletas também faz parte do escopo de trabalho da associação.

Qual é a história da ATP?

Criada em 1972, a ideia inicial da ATP era defender o interesse dos tenistas profissionais, como melhores condições de trabalho e até mesmo um calendário mais organizado para facilitar os deslocamentos, por exemplo. Então, os tenistas Donald Dell, Jack Kramer e Cliff Drysdale se juntaram para criar a instituição.

Com o tempo, a ATP foi ganhando relevância entre os atletas e se tornou mais importante do que outras organizações, como a Federação Internacional de Tênis (ITF) ou o Men’s Tennis Council (MTC). Desde 1990, passou a organizar os principais torneios masculinos em âmbito profissional, o que agora é conhecido como ATP Tour.

Quais são os seus principais torneios?

Atualmente, a Associação de Tenistas Profissionais organiza o chamado ATP Tour, com 64 torneios sendo disputados em 31 países pelo mundo. As competições são divididas em níveis de importância, que geram os pontos para o ranking entre os atletas profissionais. Os mais importantes são os Grand Slams, divididos entre os quatro principais torneios da categoria: Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open.

Além disso, a organização também é a responsável pela ATP Finals, ATP Masters 1000, ATP 500, ATP 250, Challenger e o Torneio Olímpico de Tênis. O ranking anual, portanto, é baseado no desempenho de cada um dos atletas nesses torneios, que geram pontuações diferentes e de acordo com a importância de cada competição.

A Associação de Tenistas Profissionais é, portanto, peça-chave para que o esporte cresça cada vez mais em todo o mundo. Afinal, essa é a organização responsável por garantir que o tênis seja praticado em alto nível, de maneira organizada e eficiente.

Agora que você já sabe o que é, como funciona e quais são os principais torneios da ATP, que tal ficar por dentro de outros assuntos relevantes sobre o esporte? Siga as nossas páginas nas redes sociais e acompanhe em primeira mão todas as publicações do nosso blog. Estamos no Facebook e no Instagram!

Posts relacionados

Deixe um comentário